O Movimento (Auto)Biográfico no Brasil: Esboço de suas Configurações no Campo Educacional

Maria da Conceição Passeggi, Elizeu Clementino de Souza

Resumen


O presente artigo tem por objetivo discutir as principais abordagens e possibilidades do movimento autobiográfico no Brasil, no âmbito educacional. O trabalho está organizado em três etapas, a saber: 1) apresentar os princípios epistemológicos que norteiam a pesquisa (auto)biográfica brasileira; 2) faremos um breve sobrevoo histórico referente ao período de 1990-2016; e, 3) apresentamos uma síntese das diferentes edições do Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)Biográfica (CIPA), que vem se realizando a cada dois anos, desde 2004. O foco no CIPA deve-se ao fato de se tratar de um fórum internacional de pesquisadores e um espaço privilegiado para discussões e avaliação do progresso e dos desafios do movimento (auto)biográfico internacional, cuja finalidade é incentivar mais pesquisas e orientações teóricas e metodológicas nessa área. Nesse sentido, concluimos admitindo que existem novas áreas de investigação científica educacional no Brasil, que superam modismos e instalam amplas aberturas para outras áreas do conhecimento nas Ciências Humanas e Sociais, o que pode ser visto no aumento da interação entre pesquisadores e entre suas redes de cooperação e pesuisa no plano internacional.


Palabras clave


Biografia; autobiografia; estudios biograficos en Brasil

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Enlaces de Referencia

  • Por el momento, no existen enlaces de referencia


Grupo de Interés Especial en Investigación Cualitativa en Español y Portugués                                                                                         International Association of Qualitative Inquiry

ISSN 2473-4985